X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!

CFMRC - Centro de Formação, Mediação e Resolução de Conflitos

PREENCHER RELATÓRIO DE MEDIAÇÃO/CONCILIAÇÃO. E AGORA???? PARTE 2

Aprenda algumas técnicas valiosas na hora de preencher seu relatório depois ou na hora da sua audiência de Mediação ou Conciliação

Por Valda Maria Calderaro de Azevedo dia em Artigos

PREENCHER RELATÓRIO DE MEDIAÇÃO/CONCILIAÇÃO. E AGORA???? PARTE 2
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Conversaremos aqui o momento em que o mediador expõe um resumo das questões a serem resolvidas. Uma espécie de recontextualização  ampliada, reformulada, utilizando uma linguagem apreciativa, que tem início com expressões do tipo: “pelo que entendi, as questões que precisamos cuidar e resolver são as seguintes…”

E o que é uma QUESTÃO ????

“É um tópico para discussão passível de ser resolvida na mediação. Em outras palavras, a questão é um ponto controvertido. Assim, questões não se relacionam com a personalidade, valores e crenças religiosas das partes; tem, portanto, cunho objetivo.

Não se volta para uma necessidade, posicionamento ou solução de apenas uma das partes.  Segundo Joseph Stulberg, trata‑se de “uma matéria, prática ou ação que melhore, frustre, altere ou, de alguma forma, afete adversamente os interesses, objetivos ou necessidades de uma pessoa. Para ser negociável, as partes têm de ser capazes de resolver as questões com os recursos que possuem.”

O nosso papel está em enquadrar uma QUESTÃO, no intuito de confirmar com as partes a sua compreensão daquilo que desejam discutir.

Exemplo:

Requerente
Quero o pagamento do aluguel atrasado
O aluguel foi pago; não devo nada
Exijo o pagamento integral, à vista

Requerido
Eu até pago, desde que seja de forma parcelada e sem juros
A cobrança foi indevida e por isso quero o pagamento em dobro
A cobrança é claramente devida, basta olhar o contrato
Nas falas acima as questões identificadas são:

Aluguel

Pagamento

Cobrança

PREENCHER RELATÓRIO DE MEDIAÇÃO/CONCILIAÇÃO. E AGORA???? PARTE 2

Obs.: Na maioria dos casos que se apresentam, os conflitos tiveram a sua origem em razão da falta de conversa, de diálogo. Assim, uma boa dica seria iniciar os debates por essa questão: “A FALHA DA COMUNICAÇÃO”.

 PREENCHER RELATÓRIO DE MEDIAÇÃO/CONCILIAÇÃO. E AGORA???? PARTE 2

Mas veja…

É bastante comum que, na narrativa de cada parte, as questões sejam apresentadas a partir de uma perspectiva individual

Por isso, atenção!!!!

Se as partes perderam o foco na pauta, deixando de lado o que realmente necessita ser resolvido e iniciarem um debate de outros aspectos da disputa, como algum assunto que tenha aborrecido, recomenda-se que o facilitador esclareça com clareza a relação entre as QUESTÕES a serem debatidas e os INTERESSES REAIS que as partes tenham.

                           Em seguida, mais receptivos à identificação das suas necessidades e interesses comuns, apropriados pela circularidade da comunicação, espera-se que os mediandos tenham a capacidade de superar a rigidez das posições polarizadas do início do processo. 

 Na próxima edição vamos relembrar como identificar os interesses reais…

 

Valda Calderaro
Mediadora e Instrutora

Você quer se destacar na multidão? Acesse aqui! time de vencedores na área juridica.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui: